Serra Negra, um dos melhores destinos turísticos do País, terá bioparque a partir de outubro

Em meio à vegetação nativa, turistas serão guiados por biólogos para conhecer a fauna e a flora de uma das regiões mais bonitas do País

Foto: Bioparque Serra Negra

A cidade de Serra Negra, no Circuito das Águas Paulista, já é reconhecida como um dos melhores destinos turísticos do país para quem busca natureza exuberante, muito conforto e boa gastronomia. Mas, a partir de outubro, com a inauguração do Bioparque Serra Negra, o destino ficará ainda melhor. Com um total de 28 hectares, o bioparque é coberto por vegetação nativa, rica em flora e fauna.

O Bioparque Serra Negra é uma iniciativa do veterinário Daniel Chabu, pós-graduado em reprodução e comportamento animal. Daniel decidiu iniciar o projeto há quatro anos, em uma propriedade preservada por sua família. No parque, os turistas poderão admirar animais selvagens vivendo ao ar livre, como macacos-sauá, tatus, maritacas, gaviões, anus, gralhas, pererecas e serpentes de diversas espécies.

O objetivo da criação do Bioparque é desenvolver um espaço natural diferenciado, aliando ecoturismo e conservação. Além dos turistas em geral, o parque receberá escolas e poderá ser utilizado em programas de desenvolvimento profissional. Haverá sempre um biólogo acompanhando os visitantes, o que permitirá a todos a oportunidade de conhecer mais intimamente a natureza e aprender sobre ela.

Foto: Bioparque Serra Negra

Para quem quiser aliar a visita a uma acomodação histórica e luxuosa, a recomendação é o Grand Resort Serra Negra, localizado a apenas 6 Km do Bioparque. Fundado em 1942, foi restaurado em 2016. Na restauração foram preservados detalhes históricos, como os salões com pisos de mármore italiano, a espetacular varanda panorâmica e as portas entalhadas a mão. Hoje é considerado um dos hotéis campestres mais luxuosos do País. Na parte de gastronomia, o resort dispõe de um restaurante em estilo bufê, bistrô e american bar, além de adega de vinhos com dezenas de rótulos.

Em função da pandemia Covid-19, o hotel instituiu todos os protocolos de higiene e segurança determinados pelas autoridades de saúde e está funcionando com ocupação reduzida, para garantir o distanciamento social. Para as crianças e adolescentes, as atividades de lazer são realizadas nas áreas externas, ou em áreas cobertas com extrema ventilação, com o apoio de monitores treinados pela Kid+ Entretenimento.

Sobre Serra Negra

Fundada em 1928, Serra Negra ganhou importância econômica a partir de 1880, com a chegada dos primeiros imigrantes italianos para o trabalho nas lavouras de café. No início do século passado foram descobertas as propriedades radioativas de suas águas, que transformaram a cidade em destino turístico a partir de 1930, com a construção de um pavilhão hidroterápico. O reconhecimento da qualidade das águas minerais e o benefício para a saúde levou à denominação de Serra Negra, pelo então Presidente da República Washington Luís, como ‘Cidade da Saúde’.

As obras de reforma do balneário foram concluídas em 2012, mas a inauguração só ocorreu este ano, após o fechamento de contrato de concessão. Localizado no prédio do Centro de Convenções do Circuito das Águas Paulistas, o balneário oferece serviços de SPA e se divide em alas masculina e feminina, salas de massagem, banheiras de hidromassagem, sauna seca e a vapor, ducha escocesa, banheiro masculino e feminino e com acessibilidade, além de banheira de hidromassagem, entre outros equipamentos.

Mas esta não é a única atração da cidade, conhecida também pela qualidade de suas malharias, além de pontos turísticos como: o Teleférico do Cristo Redentor, a Disneylândia dos Robôs e parques cheios de beleza natural. Entre essas atrações está o Grand Resort Serra Negra, complexo hoteleiro histórico que recentemente passou por um trabalho delicado de restauração.

E não faltam opções de passeios e gastronomia para os turistas. No website www.visiteserranegra.com.br, podem-se conferir opções de turismo rural, com degustação de cafés, vinhos e cachaças da região e passeios para todas as idades, como o trenzinho que leva a uma mini-fazenda ou um tour em clima de aventura em jipe 4×4, percorrendo lindas fazendas. Para almoçar e jantar também não faltam opções de restaurantes, de comida regional, contemporânea, japonesa ou mesmo uma boa pizza.

Por Fábio Borges
Press à Porter

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui