Prefeitura de Ilhabela investe em tecnologia e economia criativa para geração de renda e empregos

Ilhabela tem diversificado cada vez mais suas atividades econômicas, buscando investir em áreas muito promissoras, como tecnologia e trabalho remoto, náutica e economia criativa.

Centro de Ilhabela Foto: Adilson Zavarize

No setor de telecomunicações, recentemente uma empresa obteve autorização da Marinha para instalar um cabo de fibra entre São Sebastião e Ilhabela, o que vai melhorar consideravelmente a qualidade da internet na ilha. Esse é um grande incentivo ao trabalho remoto em Ilhabela. O home office passou a ser uma realidade para muitas pessoas e deve crescer ainda mais no país no pós-pandemia. Assim, Ilhabela busca atrair trabalhadores qualificados que possam morar no município, mas trabalhar remotamente para qualquer empresa do Brasil ou do mundo.

Por meio de investimentos em capacitação e parcerias, o objetivo da Prefeitura é também gerar empregos qualificados, renda e qualidade de vida para a população do município. A Secretária de Desenvolvimento Econômico e do Turismo de Ilhabela, Bianca Colepicolo, junto com o Secretário de Finanças, Fernando Cresio,  fizeram uma visita ao Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações, em Brasília, para se aprofundarem nos programas do governo federal que inserem trabalhadores no mercado da tecnologia. Um deles é o Brasil Mais Digital, projeto que oferece cursos à distância para capacitar jovens e adultos no setor da Tecnologia da Informação.

Bianca Colepicolo, José Carlos Nogueira Gontijo e Fernando Crésio

Como resultado, na última quarta-feira foi realizado um webinar com o Diretor do MCTI, José Gontijo, mediado pelo empreendedor tecnológico Edmar Moraes, com o tema “Cidades Inteligentes”, que definiu a necessidade urgente de um plano de tecnologia integrado como prioridade de ação.

Outra visita realizada por Bianca Colepicolo foi ao Eniac, em Guarulhos, centro de educação focado na metodologia de inovação e no desenvolvimento tecnológico, para buscar referências em como trabalhar esse mercado dentro de Ilhabela.

No começo deste ano, em uma parceria com a Fundação de Apoio à Tecnologia (FAT), foram ministrados na Prefeitura Municipal cursos de qualificação profissional em turismo, manutenção e conservação de embarcações, organização de eventos, entre outras áreas. Os cursos integram as ações do Gera Emprego Ilhabela.

A Secretaria de Desenvolvimento Econômico e Turismo da cidade vem trabalhando desde 2019 na criação do Fórum de Economia Criativa, idealizado para fomentar iniciativas em tecnologia, cultura, criatividade e sustentabilidade. São essas soluções inovadoras que têm alavancado a economia local durante a pandemia, como a Balsa Digital e os portais Ilhabela em Casa, Visit Ilhabela, Amo Ilhabela, Ilhabela Delivery, entre muitas outras ações.

Todos esses investimentos abrem novos mercados em Ilhabela. Assim, a geração de empregos no município não fica restrita a setores sujeitos à limitação do espaço físico da ilha, como turismo e construção civil. Isso é especialmente relevante em Ilhabela, que dedica esforços para manter suas grandes áreas de proteção ambiental. De acordo com a Fundação SOS Mata Atlântica e o INPE (Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais), Ilhabela é a cidade que conta com o maior percentual de preservação de Mata Atlântica no país.

Por Patrícia CheminAssimptur
Assessoria de Imprensa

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui