Passeio de Barco no rio Piracicaba é opção de lazer na Noiva da Colina após o isolamento

Contemplação das belezas naturais, causos e emoção em um passeio de barco num dos trechos mais bonitos do rio Piracicaba.

Foto: Adilson Zavarize

Enquanto aguardamos o fim do isolamento, vamos com mais uma dica para quando retomarmos as atividades e, é claro, viajarmos novamente. Desta vez, a dica é nada mais nada menos do que o lugar onde moramos: Piracicaba, no interior do Estado de São Paulo. E é só falar da “Noiva da Colina” que já vem à mente a nacionalmente conhecida Rua do Porto, o Engenho Central, o XV de Piracicaba e aquele que dá o nome à cidade, o Rio Piracicaba, conhecido e cantado em versos na música “Rio de Lágrimas”, composta em 1970 por Lourival dos Santos e eternizada por grandes nomes da música sertaneja como Tião Carreiro, Craveiro e Cravinho entre outros tantos.

Na descida é possível contemplar a fauna e a flora ribeirinha. Foto: Adilson Zavarize

Depois de uma rápida parada na Passarela Pênsil, que liga a Avenida Beira Rio ao Engenho Central, onde podemos contemplar as belezas do entorno, seguimos até o Largo dos Pescadores, palco de grandes festas do Município e onde está a sede da Irmandade do Divino Espírito Santo, a rampa de acesso ao rio e, mais adiante, o píer, onde encontramos nosso amigo Luís Fernando Magossi, o ‘Gordo”, que há doze anos, leva piracicabanos e turistas para um passeio maravilhoso em seu barco pelas águas do rio Piracicaba.

É possível observar garças e outras aves bem de perto. Foto: Adilson Zavarize

O Passeio de Barco dura aproximadamente 13 minutos e segue por onde o rio corta a cidade. Apesar de ser considerado um trecho urbano, é possível observar a flora e a fauna ao redor, e contemplar várias espécies de aves, capivaras nos barrancos e, às vezes, dourados saltando ao redor da embarcação, algumas vezes dentro dela. O retorno ao píer sempre tem uma pitada de adrenalina no momento da “Curva da Sogra”, onde cada um tem uma reação. “Tem gente que grita e ergue os braços, outros agarram se no barco. Mas todo mundo gosta”, comenta Luís Fernando.

A Curva da Sogra é um dos momentos mais esperados no passeio. Foto: Adilson Zavarize

“A curva da sogra comecei a fazer há dez anos num dia que tinha uma tempestade muito forte chegando e eu estava subindo o rio um pouco mais rápido para as pessoas terem tempo de se proteger do vento e da chuva, foi quando vi um tronco de árvore descendo o rio e tive que fazer a manobra para desviar e o pessoal acabou gostando. Acabei por batizar a manobra com esse nome porque ele dá margem pra que todos encarem com muito bom humor”, explicou.

O retorno sempre tem uma dose de adrenalina. Foto: Adilson Zavarize
Causos e muita história

O Passeio de Barco já rendeu muitos “causos” engraçados e também já ajudou muitas pessoas. “Em doze anos de passeio, conseguimos salvar a vida de 34 pessoas que estavam se afogando no rio, tenho até um gancho no barco que tirei a ponta dele pra facilitar o resgate, e teve também uma moça que pulou no rio pra tentar o suicídio e conseguimos chegar a tempo de resgatar ela com vida”, conta Luís Fernando. “Mas tem histórias engraçadas também. Acontece muito de pular peixe dentro do barco e daí você vê muito macho soltar ‘aquele’ gritinho, mulher subindo no banco, tem muitas histórias”, completou.

No retorno tem-se uma visão privilegiada do rio e da cidade. Foto: Adilson Zavarize

Além disso tudo, ainda tem a trilha sonora que dá um toque a mais de charme ao passeio, com direito a “Parabéns pra Você” aos aniversariantes e até marcha nupcial quando há um casal mais apaixonado. Ainda segundo o Gordo, não tem espera para lotar o barco para a saída. “Chegou uma pessoa pra fazer o passeio nós aguardamos 10 minutos, se não chegar mais ninguém nós vamos somente com essa pessoa”.

Como chegar e o que visitar

Pra quem vem da Capital paulista é uma viagem rápida, aproximadamente 01h30 de carro pela Rodovia dos Bandeirantes e Rodovia Luiz de Queiroz (156km). Piracicaba oferece muitas opções de turismo em toda a extensão da Avenida Beira Rio, como o Museu da Água, Aquário Municipal, Passarela Pênsil, Engenho Central, Largo dos Pescadores, Passeio de Barco e Parque da Rua do Porto, este último fica próximo à região com os restaurantes, onde a nossa dica são os peixes assados, como o lombo de filhote assado na brasa ou pirarucu. Há também boas opções de museus no centro da cidade, como o Martha Watts e o Museu Prudente de Moraes, além de teatros e shopping.

Serviço
Passeio de Barco no Rio Piracicaba

Onde: Píer da Avenida Beira Rio s/n (próximo ao Largo dos Pescadores), Piracicaba/SP
Quando: sábados, domingos e feriados
Horário: das 09h00 até as 20h00, ou até o último cliente
Valor: R$ 15,00 reais por pessoa (a partir de 03 anos de idade)
Reservas para grupos e passeios longos no rio Piracicaba: (19) 99747-4545
Página Facebook: Passeio de Barco Rio Piracicaba (clique aqui)

Texto por Adilson Zavarize e Kátia Nazatto

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui