O azeite alentejano e o olivoturismo

Região portuguesa é responsável por 90% da produção portuguesa

Azeites - Herdade do Esporão. Foto cedida pela Assessoria de Imprensa

Muitas pessoas sabem que o azeite de oliva português está entre os melhores do mundo. Mas vale destacar que o Alentejo, maior região de Portugal, é responsável por grande parte da produção. Na verdade, 90% do azeite português é produzido em território alentejano.

Justamente por isso, o azeite é um ingrediente essencial na culinária local, e todos os viajantes acabam provando-o nas refeições. Frutado e suave, complexo e harmonioso, o azeite alentejano tem todas as qualidades que o posicionam entre os melhores.

No entanto, muito além de provar as iguarias alentejanas preparadas com azeite ou ver as paisagens marcadas pelos olivais, o destino tem também diversas atrações e atividades relacionadas a esta deliciosa iguaria, que são englobadas pelo chamado olivoturismo.

É o caso das visitas às herdades, em que os viajantes são acompanhados por um guia por todas as fases de produção desde o plantio e a colheita até o lagar, onde a azeitona é espremida. Vale também participar de degustações da iguaria, em que é possível aprender as suaves diferenças entre os variados azeites.

Assim como a produção de vinhos, que têm a temporada das vindimas, os olivais têm a temporada da apanha das azeitonas, que começa no outono. Neste momento, em que o inverno se aproxima em Portugal, as últimas azeitonas estão sendo colhidas no Alentejo. Em algumas herdades, é possível acompanhar esta atividade!

Para quem quer conhecer ainda mais profundamente o azeite alentejano, há spas da região que o utilizam em tratamentos exclusivos, uma vez que é uma substância com alto teor de ômegas, vitamina A e E. Um bom exemplo é o spa do Convento do Espinheiro, em Évora, que utiliza o azeite em seus tratamentos de assinatura.

Lagar Museu Melara Picado Nunes. Foto cedida pela Assessoria de Imprensa

Outra atração imperdível é o Lagar Museu Melara Picado Nunes, que fica na Aldeia de Galegos, em Marvão. O espaço permite uma verdadeira viagem pelas raízes do saber alentejano, com uma visita guiada que conta a história de uma família produtora e do azeite de Marvão, com direito a visita a um olival, a um lagar antigo e a um lagar em funcionamento.

Sobre o Alentejo

Considerado o destino mais genuíno de Portugal, o Alentejo é a maior região do país. Privilegiando um lifestyle tranquilo em que a experiência de viver bem dá o tom, conta com belas praias intocadas e cidades repletas de atrações ímpares, como castelos e monumentos históricos. Detentor de cinco títulos da UNESCO e diversos outros prêmios e reconhecimentos internacionais no setor do turismo, o Alentejo oferece opções para todos os tipos de viajantes, sejam famílias, casais em lua de mel ou aventureiros. A promoção turística internacional do Alentejo é co-financiada pelo Alentejo 2020, Portugal 2020 e pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional (FEDER). Para mais informações, visite www.turismodoalentejo.com.br.

Lisia Minelli
AFT Comunicação Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui