Mais de 24 mil selos Turismo Responsável já foram emitidos

Iniciativa busca incentivar retorno seguro das atividades turísticas em todo o país

O Selo Turismo Responsável está disponível para 15 atividades turísticas. Crédito: MTur

Mais de 24 mil empreendimentos e guias de turismo já possuem o Selo Turismo Responsável, Limpo e Seguro do Ministério do Turismo. A marca foi atingida nesta quinta-feira (03.12) após seis meses do lançamento do selo, o que corresponde a uma média de 4 mil emissões por mês. A iniciativa estabelece protocolos específicos para a prevenção da Covid-19 para 15 segmentos do setor de turismo e busca auxiliar na retomada segura das atividades do setor tanto para turistas quanto para trabalhadores.

O ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio, comemorou o crescente aumento das adesões e ressaltou a importância do selo, principalmente neste momento de retomada das viagens. “A adesão ao selo mostra o comprometimento dos serviços turísticos em se adequar à nova realidade em que os turistas se encontram muito mais exigentes em relação à biossegurança. Quanto mais empreendimentos e guias adotarem medidas de prevenção, mais estaremos prontos para uma retomada segura e sustentável do turismo, principalmente agora na temporada de verão”, destacou o ministro.

Os segmentos com maior número de solicitações do selo são: agências de turismo (7.401), meios de hospedagem (5.535), guias de turismo (3.333), transportadoras turísticas (3.139) e restaurantes, cafeterias, bares e similares (1.628). Já os estados que registraram a maior adesão à iniciativa são: São Paulo (4.724), Rio de Janeiro (3.566), Minas Gerais (2.124), Bahia (1.816) e Rio Grande do Sul (1.629). Veja a lista completa ao final da matéria.

O selo está disponível para meios de hospedagem, parques temáticos, restaurantes, cafeterias, bares, centros de convenções, feiras, exposições, guias de turismo, dentre outros. Cada segmento possui um protocolo sanitário específico, elaborado em parceria com empresas e instituições ligadas ao setor (trade), a partir de diretrizes internacionais. Os documentos foram validados pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa). Clique AQUI para conhecer o selo.

ADESÃO 

Para solicitar o selo, o interessado precisa, primeiro, estar com a situação regular no Cadastur, que é o cadastro de prestadores de serviços turísticos. O cadastro é rápido, gratuito e pode ser feito online, clicando AQUI. Na sequência, é preciso acessar o site do Selo Turismo Responsável (AQUI), ler as orientações e declarar atender aos pré-requisitos determinados. Após estes passos, o interessado é encaminhado para uma área do site onde pode realizar o download do selo para impressão.

O selo deverá ser colado em local de fácil acesso ao cliente e conterá um QR Code pelo qual o turista poderá consultar as medidas adotadas por aquele empreendimento e/ou profissional. Além disso, possibilitará a realização de denúncias em caso de descumprimento, o que poderá resultar em revogação do selo.

Quantidade de selos por UF

SP – 4724
RJ – 3566
MG – 2124
BA – 1816
RS – 1629
PR – 1350
SC – 1262
AL – 1154
RN – 1006
PE – 903
CE – 737
ES – 467
MA – 390
GO – 357
SE – 330
DF – 317
PB – 314
AM – 251
PA – 245
MS – 233
MT – 212
PI – 184
TO – 140
RR – 54
RO – 49
AP – 42
AC – 22

Amanda Costa
Ministério do Turismo

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui