Ilha da Madeira lança incentivo para nômades digitais

Projeto oferece facilidades para aqueles que desejam viver uma temporada de trabalho remoto no destino português

Bica da Cana, Paul da Serra. Foto: ©Francisco Correia

Eleita seis vezes como o “Melhor Destino Insular do Mundo”, a Ilha da Madeira é um tesouro escondido em meio ao Oceano Atlântico, com paisagens magníficas de falésias, clima quente, piscinas naturais e montanhas. E, desde 1º de fevereiro, esse pode ser o novo escritório daqueles que trabalham remotamente. Com as condições perfeitas para receber este público, o destino lança o projeto Nômades Digitais Madeira, fruto de uma parceria entre o governo local, a startup Madeira e Gonçalo Hall, digital nomadism consultant, com um espaço totalmente equipado para receber esses digital nomads.

O destino escolhido para abrigar o espaço de trabalho é a pequena Ponta do Sol, que conta com 8 mil habitantes. Um paraíso na costa sul da Madeira, a cidade tem esse nome por ser considerado o local mais quente da ilha e é perfeito para aproveitar um belo dia de sol com tranquilidade, rodeado por natureza e com fácil acesso ao mar. É aqui que está situado o planalto de Paul da Serra, que proporciona uma fascinante vista do município. As edificações históricas do local também são imperdíveis, como o Palacete do Lugar de Baixo, a Ponte do Caminho Real, a Igreja de Nossa Senhora da Luz, a matriz da cidade, e o Centro Cultural John de Passos, que irá abrigar o ambiente de trabalho criado para o projeto.

Ponta do Sol. Foto: ©Francisco Correia

Esse espaço estará aberto das 8h às 22h e será dedicado exclusivamente aos nômades digitais, com diversas facilidades gratuitas, como mesas e cadeiras, internet ilimitada e eventos de socialização entre os participantes. A hospedagem não está incluída, mas os interessados terão uma consultoria gratuita e excelentes oportunidades por meio de parcerias do projeto com empresas madeirenses, como imobiliárias, hotéis e locadoras de carros. Inclusive, o governo local irá facilitar alojamentos àqueles que desejam viver em outras comunidades da Madeira, como a capital Funchal, Machico, Calheta, entre outras.

A primeira fase do projeto de incentivo segue até o dia 30 de junho e a previsão é que tenha um impacto muito positivo na economia local com o aumento do consumo no comércio, diante da redução do número de turistas devido à pandemia. A ideia é receber até 100 pessoas que se comprometam em permanecer por, no mínimo, um mês na Ilha da Madeira. Para se inscrever no projeto ou obter mais informações, acesse https://digitalnomads.startupmadeira.eu/.

Também viste o site www.madeiraallyear.com e saiba mais sobre o que a Ilha da Madeira proporciona aos visitantes e nômades digitais.

Sobre a Ilha da Madeira

Considerado o melhor destino insular do mundo, a Ilha da Madeira é um pequeno paraíso português situado em meio à imensidão do Oceano Atlântico. De origem vulcânica, sua localização privilegiada proporciona clima ameno e mar com temperatura agradável o ano inteiro, além de impressionantes cenários de montanhas, vales e penhascos, todos cobertos pela exuberante vegetação Laurissilva, nomeada Patrimônio Natural da Humanidade pela Unesco. O arquipélago é formado por um conjunto de ilhas, sendo as principais e únicas habitadas Madeira e Porto Santo. Há excelentes opções em balneários, monumentos históricos e ótimos hotéis e restaurantes, onde se pode provar a deliciosa gastronomia e os premiados vinhos madeirenses. Para mais informações, acesse www.madeiraallyear.com.

Jessica Ferreira
AFT Comunicação Digital

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui