Guararema, “A Pérola do Vale”, um dos melhores destinos para o ecoturismo e o turismo religioso em São Paulo

Conhecida também como “Paraíso das Orquídeas”, a cidade oferece uma excelente estrutura para o turista

Igreja Nossa Senhora da Escada Foto: Adilson Zavarize

Nosso destino desta vez foi o Vale do Ribeira, mais precisamente a cidade de Guararema, carinhosamente conhecida como “A Pérola do Vale” e “Paraíso das Orquídeas”, devido à sua localização e clima. A cidade, que tem um pouco mais de 27 mil habitantes, fica a cerca de 80km da capital, e tem fácil acesso pelas principais rodovias, além de uma rede hoteleira, com opções de hospedagem para todos os gostos, todos os empreendimentos mantém um padrão de qualidade e serviços condizentes com o ambiente da cidade. Por lá é possível escolher entre hotéis com estrutura maior, com opções de lazer e gastronomia diversificados até pousadas que acolhem o visitante com o aconchego de casa.

Apesar de pequena, a cidade é muito organizada e de uma limpeza que chega a surpreender. O clima é de cidade do interior, onde os moradores conhecem bem o lugar e estão sempre prontos para dar informação.

Pontos Turísticos

Guararema oferece uma uma gama de opções para visitação, como: Estações Ferroviárias, Orquidário, o Bairro Luís Carlos, Passeio de Maria Fumaça, Parque Municipal da Pedra Montada, Ilha Grande, Recanto do Américo, Igrejas Tombadas, Praças, Centro Artesanal, entre outros.

Dentre os que visitamos, destacamos:
Arraial da Escada

Situada no Bairro da Freguesia da Escada, a 3,5km do centro, o local é o marco da formação da cidade, onde foi construída a primeira capela, em 1652 pelos jesuítas. Já em 1732 com a expulsão destes da Capitania de São Vicente a administração do Arraial da Escada foi entregue aos Franciscanos, que construíram uma nova capela onde hoje se encontra a atual Igreja, que tem suas paredes construídas em taipa de pilão e sua arquitetura é tipicamente barroca.

Igreja Nossa Senhora da Escada Foto: Adilson Zavarize

Tombada pelo Patrimônio Histórico Nacional em 1941, nela encontra-se a única imagem de São Longuinho em uma igreja brasileira. Conhecido popularmente como o Santo das coisas perdidas, a imagem de São Longuinho atrai fiéis e curiosos durante o ano todo para a cidade.

Endereço: Praça Salvador Lemes Cardoso s/n – Freguesia da Escada.

Recanto do Américo, ou Pau D’Alho

Ás margens do rio Paraíba do Sul, é o cartão postal da cidade e uma ótima opção de lazer, onde se pode caminhar tranquilamente e apreciar os recursos naturais do entorno.

Recanto do Américo Foto: Adilson Zavarize

A estrutura do local oferece quiosques, decks com vista panorâmica e pontes que interligam a praça às ilhas, onde se pode admirar o rio e a variada variedade de plantas remanescentes da Mata Atlântica.

Horário para Visitação – A ponte de acesso no Recanto do Américo (Pau d’Alho) é aberta para pedestres de terça-feira a domingo, das 8h às 18h. A praça pode ser visitada a qualquer momento, independente do horário.

Passeio de Maria Fumaça

Não poderíamos deixar de conhecer e fazer o passeio na “Velha Senhora”, uma locomotiva americana de 1927. O trajeto de 6,8km começa na Estação Central de Guararema, passando por belas paisagens, e, para quem teve a oportunidade de já ter viajado de trem, trás boas lembranças e, para quem nunca teve a oportunidade, oferece uma experiência inesquecível.

A “Velha Senhora” Foto: Adilson Zavarize

A chegada é na Estação Luís Carlos, fundada em 1914, no bairro que leva o nome do engenheiro civil e poeta, que foi funcionário da Estrada de Ferro Central do Brasil. As construções, todas da década de 1920 completam o cenário dessa viagem.

Os passeios acontecem aos finais de semana e feriados.

Programe-se pelo site oficial do Passeio (clique aqui)

Cultura de flores – Entre os atrativos da cidade estão a já famosa Orquidácea. Considerado por seus clientes e admiradores das orquídeas, um dos melhores orquidários do Brasil, em termos de organização, limpeza e qualidade de cultivo, a Orquidácea produz, em média, 150.000 mudas/ano. Vale ganhar um pedaço da tarde entre as coloridas e perfumadas flores!

Já o Megandrasurgiu recentemente como Empório Cultural, visando ser um espaço de contemplação, meditação e lazer onde é possível praticar yoga ou fazer uma massagem relaxante, apreciar o trabalho de artesanato sustentável – e até levar algo para casa – ou simplesmente tomar um café com calma e tranquilidade.

Para quem ainda não conhece Guararema, fica a nossa dica para uma estadia com conforto e tranquilidade em meio à natureza e ao lado do Rio Paraíba do Sul, o Hotel Vale do Sonho. Informações e Reservas (11) 4693-1894.

Você pode saber tudo sobre a programação e horários dos pontos em Guararema através do site da cidade (clique aqui)

Veja como chegar:

Texto e fotos por: Adilson Zavarize e Kátia Nazatto
Os jornalistas viajaram a convite da Assimptur

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui